sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

TOP 40, Filme com Nicolas Cage


40º Lugar - Bangkok Dangerous/Perigo em Bangkok
- Em "Bangkok Dangerous" Nicolas Cage vive um matador de aluguel sem emoções e nenhuma piedade, após alguns trabalho ele vai a Bangkok para um nova missão, lá ele conhece um garoto que trabalha para ele, conhece o amor da sua vida, contradizendo seu próprio dogma.
Nota: (4,5/10)
Dirigido pelos Irmãos Pang. (Os Mensageiros e The Storm Warriors)
Direção: 4 [Uma direção horrível que só favorece os atores]
Atuações: Nicolas Cage está horrível no filme, mal consegue fazer com que seu personagem tenha carisma.
James With é uma boa surpresa, consegue fazer o personagem ser amável, mais peca em começar a atuar fora de tempo.
Gênero: Ação
Ano: 2008
* O filme não consegue manter uma linha conservadora, poderia ser muito melhor, caso bem dirigido, bem atuado e tivesse um roteiro menos clichê. É inassistivel, as pessoas que curtem cinema apenas como um passatempo irão gostar, mais quem critica detesta esse tipo de filme.

39º Lugar - Con Air/Con Air: Rota de Fuga
- Con Air, retrata a prisão de Cameron Poe (Nicolas Cage), depois seu tempo na prisão e a soltura (não é um drama, isso passa em apenas 10 minutos de filme) após acontecimentos, ele cai em um avião cheio de prisioneiros como Virus (John Malkovich) e Diamond Dog (Ving Rhames), durante a viagem os prisioneiros tomam contam do avião e planejam uma fuga do pais, mais antes precisam pegar outros prisioneiros que auxiliaram na transgressão de favores é quando tudo começa a sair do controle, um detetive (John Cusack) descobre alguns papeis e vai atras das provas, é quando começa a guerra entre bandidos e policiais, sendo que Cameron Poe é o único que pode fazer com que a lei ganhe.
Nota: (5,1/10)
Dirigido por Simon West. (Lara Croft/ Os Mercenários 2)
Direção: 6 [Simon West mostrava ser um bom diretor, jogando as cenas de ação na hora exata, mais um daqueles diretores que se auxiliam muito de um bom roteiro, ele conseguiu fazer um filme mediano, mas não conseguiu convencer de que a bom mesmo)
Atuações: Nicolas Cage está mal no papel, mais dá o carisma necessário para "Cameron Poe"
John Malkovich, Steve Buscemi e John Cusack fazem muito bem os seus papeis, principalmente Steve Buscemi, que brinca de atuar.
Gênero: Ação
Ano: 1997
* Um filme que tem um roteiro bem interessante é legal, é divertido tem cenas de ação boas, mais é bem clichê em alguns momentos, Simon West tenta disfarçar esses clichês dando cenas diferentes mais quase não consegue evitar o nervosismo do seu primeiro longa-metragem, para muitos esse personagem junto com o de "Zandalee" são os piores dele, para quem gosta de filmes de ação esse daqui é de encher os olhos, para quem entende cinema e critica esse é uma vergonha.

38º Lugar - Next/O Vidente
- Um vidente (Nicolas Cage) trabalha com trapaças ganha dinheiro com isso, mais acaba sendo descoberto pela policia americana e acaba sendo ameaça segundo a policia, para o caso chamam uma policial (Juliane Moore), no meio tempo ele se apaixona por uma linda mulher (Jessica Biel) e vai viver com ela em outro lugar por uma noite, é quando a policia descobre ele e alguns bandidos também levando a mulher que ele ama para um lugar onde amordaçam ela, agora ele tem a missão de usar o dom para livrar ela das garras dos inimigos se associando a policia.
Nota: (5,5/10)
Dirigido por Lee Tamahori de (007 - Novo Dia para Morrer/ Dublê do Diabo)
Direção: 3,5 [Lee Tamahori, faz um filme muito ruim, mais a direção até que não é tão ruim não, da destaque as cenas de ação e as atuações]
Atuações: Nicolas Cage fora do papel o tempo todo, sem expressão e com uma cal vice horrível que poderia ser reparada.
Juliane Moore não faz esforço e atua mal. Jessica Biel, é o destaque na atuação, com uma atuação mediana.
Gênero: Ação
Ano: 2007
* Clicherizado, com um final diferente, acontecimentos rápidos. Filme que merece uma continuação para reparar esse erro. Inassistivel para ambas as partes, ótimo para quem odeia o Nicolas Cage como 70% dos críticos.

37º Lugar - Zandalee/Zandalee: Uma Mulher Para Dois
- Nicolas Cage vive um homem que sai da prisão se apaixona por uma mulher que já tem um homem, os dois a disputam em um suspense/romance predileto de adolescentes.
Nota: (5,7/10)
Dirigido por Sam Pillsbury de (Free Willy 3 - O Resgate)
Direção: 6 [Na verdade é a melhor direção dele junto com Free Willy, o único filme que trabalhou com um ganhador de Oscar.]
Atuações: Nicolas Cage bem no papel, a unica coisa que tem a se criticar é a cara de vilão romântico dele, sendo o bonzinho da história.
Gênero: Romance/Suspense
Ano: 1991
* O filme é tão ruim, que nem uma imagem deitada tem. Filme de gosto peculiar, melhores cenas são as que a atriz principal está nua e as que Nicolas Cage aparece atuando bem. No restante, muito ruim. Filme de Suspense para Adolescentes e pessoas que gostam de passatempos.

36º Lugar - Ghost Rider/Motoqueiro Fantasma
- Johnny Blaze/Motoqueiro Fantasma (Nicolas Cage) vende a alma para o diabo em troca da vida do pai, o que não acontece, desde então é perseguido por espíritos malignos que tentam se apoderar de seu poder, ele luta contra eles e protege sua amada (Eva Mendes).
Nota: (6,1/10)
Dirigido por Mark Steven Johnson de (Quando em Roma/ Demolidor)
Direção: 5 [Dirigido de uma forma comum]
Atuações: Nicolas Cage atua muito bem, dá vida ao Johnny Blaze e alma ao Motoqueiro Fantasma.
Peter Fonda não fica muito atrás não, dá ao personagem do coveiro um carisma grandioso.
Eva Mendes é Eva Mendes em todo filme que faz. Sempre Horrível.
Gênero: Ação
Ano: 2007
* Filme é legal, mais perde demais ao longo da trama, Nicolas Cage se esforça muito mais não consegue fazer a diferença. Efeitos Especiais são do fim dos anos 90, bem peculiares. Para quem gosta de filmes de ação é muito boa pedida. Para os críticos é apenas um filme aê.

35º Lugar - Kiss of Death/O Beijo da Morte
- David Caruso tem um personagem comum que tem uma família comum, mais tudo muda devido a um trabalho onde conhece o personagem de Nicolas Cage, apos confusões o personagem de David Caruso é pego e salva a vida do de Samuel L. Jackson que agora o segue a todos os lugares, o personagem de Nicolas Cage é um psicótico rico dono de uma boate, David Caruso um homem comum e Samuel L. Jackson um policial impetuoso que guarda sempre rancor no coração.
Nota: (6,3/10)
Dirigido: Berbet Schroeder de (Nossa Senhora dos Assassinos/ Advogado do Terror)
Direção: 3 [Uma das piores que eu já vi, não exige fotografia, figurino bom nem nada, só fica parado gravando e gravando as falas e as expressões faciais não exige nada, muito ruim]
Atuações: Nicolas Cage faz seu papel muito bem.
David Caruso, faz um atuação esplendida.
Samuel L. Jackson, se contorce mais não sai do lugar, quase sem nenhuma fala e nenhuma ação.
Gênero: Suspense/Policial
Ano: 1995
* Filme chato e feio, mais com um roteiro bem manuseado e uma direção péssima que faz 50% menos da capacidade do filme. Resultado: Filme Ruim Demais.

34º Lugar - Cotton Club
- Personagem de Richard Gere é um mafioso que acaba se apaixonando por uma linda dama Diane Lane do Cottom Club, o amor é composto pela vida de ambos, principalmente da vida agitada do personagem de Richard Gere que vive com violência, racismo e os gangster e mafioso.
Nota: (6,4/10)
Dirigido por Francis Ford Coppola (Trilogia do Poderoso Chefão/ Apocalypse Now)
Direção: 7 [Dirigido por Francis Ford Coppola que sabe muito bem seus objetivos dentro de um filme, compõem uma série de acontecimentos e um dogma que sempre tem em seus filmes de um ser intocável a um dos personagens]
Atuações: Nicolas Cage se enforca e faz um atuação fantástica no filme de seu tio.
Richard Gere atua muito bem, mais nada de gigantesco.
Diane Lane tem uma grande chance de mostrar que é ótima atriz e agarra com umas e dentes, atuando belissimamente.
Gênero: Mafia
Ano: 1984
* Filme legal, mais longe de ser o melhor do Coppola um filme que não passa de mediano. Sem muitas criticas duras.

33º Lugar - The Rock/A Rocha
- Nicolas Cage é um cientista que é chamado pelas as forças armadas Americana para desarmar bombas numa operação que foi planejada para também tirar Ed Harris e David Morse de uma ilha a Ilha de Alcatraz onde fazem reféns e prometem destruir a cidade de São Francisco. Então Sean Connery um ex prisioneiro de Alcatraz vai ajudar Nicolas Cage a "salvar o dia".
Nota: (6,4/10)
Dirigido por Michael Bay de (Armageddon/ Trilogia Transformers)
Direção: 5 [Michael Bay começa se encontrar nesse filme, em que dirige bem, e põem em ação um talento um pouco diferente de se fazer explosões em seus filmes, pondo elas nos roteiros)
Atuações: Nicolas Cage bem, não exagera e não compromete.
Sean Connery da um pouco mais de elegância ao filme, também atuando bem.
Ed Harris faz uma atuação um tanto que suspeita, fazendo um cinema muito ruim e outra muito bem.
David Morse só tem 5 falas no filme, então nem merece ser comentado nada.
Gênero: Ação
Ano: 1996
* Michael Bay das as primeiras impressões de que será um diretor correto que favorece tudo e todos, faz um filme de ação bem clichê mais muito divertido e interessante. Um bom blockbuster, mais um não passa de um filme mediano.


32º Lugar - National Treasure: Book of Secrets/A Lenda do Tesouro Perdido: O Livro dos Segredos.
- Nicolas Cage vive um aventureiro que vai atrás de um livro com seu amigo e sua ex-esposa.
Nota: (6,5/10)
Dirigido por Jon Turtetaub (Fenomeno/ Instinto)
Direção: 6 [Nessa direção Jon ficou um pouco melhor e mais dinâmico, mais perdeu-se no meio do filme e começou a ficar ruim demais, não tem sentido nem logica.]
Atuações: Nicolas Cage um pouco mal já sem muito expressão.
Christopher Plummer ainda um grande ator.
Diane Kruger bem esteticamente porque como atriz ainda não vingou.
Gênero: Aventura
Ano: 2007
* Nicolas Cage começa a afundar sua carreira nesse ano, após vim de trabalhos ruim e muito bons, ele começa a sentir falta de um grande diretor, e atua de um forma mediana. Um bom passatempo mais para crianças e adolescentes. Para adultos apenas um filme sobre viagens.

31º Lugar - National Treasure/A Lenda do Tesouro Perdido
- Nicolas Cage se aventura por todos os lugares do mundo em busca de tesouros perdidos junto com sua mulher e seu amigo nerd.
Nota: (6,7/10)
Dirigido por Jon Turtetaub (Fenomeno/ Instinto)
Direção: 4 [Direção minimalista de Jon que nem liga para o fato de estar fazendo um filme quase bom, da destaque a Nicolas Cage e Diane Kruger que não retribuem bem.]
Atuações: Nicolas Cage começa a usar um pouco de exageros, dando um personagem a cara de um ator.
Diane Kruger representa bem, dá impacto, mais depois some e não consegue evoluir.
 Gênero: Aventura
Ano: 2004
* Jon Turtetaub não se reencontra em momento algum faz um filme escrito por uns 100 roteiristas, faz bem mais só que foi apresentado no roteiro.

30º Lugar - World Trade Center/As Torres Gémeas
- Vários policias ficam presos na torre sul do World Trade Center, eles lutam pela vida. Enquanto a vida dele dois deles vão sendo lembradas por seus familiares, enquanto presos passam as maiores dificuldades.
Nota: (6,7/10)
Dirigido por Oliver Stone de (Platoon/ Wall Street)
Direção: 6 [Direção mediana de Oliver Stone sem nenhuma cena espetacular, além do mais o velho Stone não poderia ter feito muita coisa no filme, não poderia ter mais ação do que o que a ele foi indicado no roteiro que é baseado em fatos reais.]
Atuações: Nicolas Cage atuou de acordo com o planejado, fez bem seu papel.
Michael Pena se destacou dando uns quotes de que é um grande ator, deixou mais intenso seu personagem em um roteiro que favorecia a ele.
Gênero: Drama
Ano: 2006
* Oliver Stone, fez o possível, não poderia ter inventado muita coisa, pois o roteiro saiu de acordo com a história dos dois sobreviventes. Um filme que é criticado por ser lento as vezes dizem que é reproduzido em slow motion, e etc. Critica odeia esse filme e o Nicolas Cage nele também.

29º Lugar - Trespass/Reféns
- Uma família é feita refém em sua própria casa. Desde então as verdades começam a aparecer.
Nota: (6,8/10)
Dirigido por Joel Schumacher (Um dia de Furia/ Ninguém e Perfeito/ O Cliente/ Batman e Robin e Batman Forever)
Direção: 5 [Joel Schumacher tentou inovar um roteiro que já foi feito, não conseguiu enganar o publico]
Atuações: Nicolas Cage está bem parece está se reencontrando com sigo mesmo.
Nicole Kidman está perfeita, para ela o tempo não passa.
Liana Liberato é uma boa surpresa atuando cada vez melhor, desta vez fez uma atuação de mediana para boa.
Gênero: Suspense
Ano: 2011
* Com a vasta experiencias em filmes ruins, Joel Schumacher conseguiu emplacar mais um dessa vez levando para o buraco Nicolas Cage que estava recuperando sua moral como ator. Mediano mais que isso estão mentindo.

28º Lugar - It Could Happen to You/Atraídos pelo Destino.
- Um policial promete a uma garçonete metade do bilhete premiado da loteria como caixinha da próxima vez que fosse ao restaurante que ela trabalha, então o destino faz com que ele ganhe, então ele tem que disputar agora com a sua esposa pelo prêmio.
Nota (7,1/10)
Direção: Andrew Bergman de (Striptease/ Um Novato na Mafia)
Direção: 8 [A melhor direção de Andrew Bergman, o melhor filme dele também]
Atuações: Nicolas Cage perfeito.
Bridget Fonda perfeita.
Rosie Perez despesante horrível, em um papel que era a sua cara.
Gênero: Comédia Romântica
Ano: 1994
* Um filme diferente e bonito, um dos mais copiados com um final que surpreende e que nós sempre queremos que aconteça após todos os acontecimentos.

27º Lugar - Matchstick Men/Os Vigaristas
- Dois vigaristas enganam as pessoas ao redor do mundo, mais tudo isso começa a dar errado quando o personagem de Nicolas Cage conhece sua suposta filha.
Nota: (7,2/10)
Direção: Ridley Scott (Gladiador/ Alien)
Direção: 6,5 [Nunca gostei do Ridley Scott vejo que ele é um bom ator.]
Atuações: Nicolas Cage, uma atuação estranha mais não é ruim, esforçada.
Sam Rockwell, perfeito, um pouco melhor e ele poderia concorrer ao Oscar.
Alison Lohman atuando dignamente mostrando que é ótima atriz.
Gênero: Drama/Comédia
Ano: 2003
* Um filme que confundi aquele que não presta atenção, mostra cada passo de um vigarista cheio de problemas assim fazendo uma comédia inteligente, Sam Rockwell acrescenta com uma atuação inesquecível e Alison Lohman entra no filme para acrescentar vida a história que fica cada vez mais real e mais irreal de acordo a cronologia das cenas.


26º Lugar - Seeking Justice/Justiça
- Um homem tem a mulher estrupada, então procura forças superiores para buscar justiça, mais o que não sabem e que também estão atrás dele. Então ele vai atrás de vários suspeitos, tentando achar esse meliante que quer destruir a vida dele.
Nota: (7,3/10)
Diretor: Roger Donaldson de (Efeito Domino/ O Novato)
Direção: 6 [Atrás de O Novato e Efeito Domino apenas]
Atuações: Nicolas Cage achei bem comum, quase ruim a atuação dele.
Guy Pearce muito bem, mais muito técnico.
January Jones atuando bem demais.
Gênero: Suspense
Ano: 2011
* Um filme bem comum em que as coisas vão acontecendo de um jeito muito comum no cinema, nada de novo, nada de especial.

25º Lugar - Season of the Witch/Caça as Bruxas
- Dois guerreiros voltam para a Espanha, para se alojar, mais ouvem sobre tais bruxas que estão a solta, então eles procuram uma e a captaram então a vida deles começam a virar um inferno em terra, após captarem e prenderem está bruxa.
Nota: (7,4/10)
Diretor: Dominic Sena de (60 Segundos/ Kalifornia)
Direção: 8 [A melhor direção de Dominic Sena quem vem evoluindo cada vez mais, desde Kalifornia quando fez um trabalho incrível, aqui ele comandou muito bem e fez todos os atores atuar bem]
Atuações: Nicolas Cage em sua melhor atuação nos últimos 6 anos.
Claire Foy a grande surpresa, com um toque de beleza e talento ela levou calmamente e sutilmente seu personagem.
Gênero: Suspense/Épico
Ano: 2010
* Um filme bem feito, bem atuado e bem manuseado por Dominic Sena na sua melhor direção.

24º Lugar - The Family Man/Um homem de Família
- Um homem vai dormir e acorda em outra família, dai em diante ele tenta buscar uma explicação para esse acontecimento, sendo que uma hora tem que ceder pois a família é muito melhor que qualquer coisa.
Nota: (7,5/10)
Diretor: Brett Ratner de (X-Man 3/ A Hora do Rush 3)
Direção: 5 (A direção peca em não pegar muito bem as atuações de vez em quando, mais acerta em mão cheia em fazer esse filme natalino)
Atuações: Nicolas Cage está fantástico, consegue atuar de acordo com o que lhe pedem e um pouco mais.
Tea Leone na sua melhor atuação conjunta com Espanglês.
Don Cheadle consegue ser muito engraçado, mostrou nesse filme que é um ótimo ator, além de versátil.
Gênero: Comédia Romântica
Ano: 2000
* Algo diferente sobre o Natal, um filme que reluz emoções e sentimentos, que nos deixa bravos e alegres, com muita comédia de um jeito simples e requintado. Nicolas Cage saiu melhor depois da experiencia com Martin Scorsese, ficou um pouco melhor e fez com que esse filme de uma forma bem simples não deixando a desejar na atuação, destaque para Don Cheadle que mostrou versatilidade trabalhando nessa comédia que merece ser vista em família. 


23º Lugar - Gone in Sixty Seconds/60 Segundos.
- Menphis (Nicolas Cage) é um ex-ladrão de carros, ele tem a missão de salvar o irmão de um divida que ele tem com uma mafia de carros de corridas, ele vai te que sair da aposentadoria para ajudar o irmão, junto com alguns amigos antigos ele tem o objetivo de roubar vários carros, após o roubo ele pega "Eleonor" e tem apenas 60 segundos para entrega-la. 
Nota: (7,6/10)
Diretor: Dominic Sena (Caça as Bruxas/ Kalifornia)
Direção: 6 [Ótima direção do já experiente Dominic Sena, as cenas com os carros, ele consegue mudar o parâmetro de direção de um filme e faz os carros criarem uma especie de movimento dinâmico]
Atuações: Nicolas Cage mescla entre uma atuação mediana e boa.
Giovani Ribisi faz uma atuação digníssima, e converte a fama de ator mediano para ótimo ator.
Angelina Jolie, está sempre ótima, bem com o papel dado a ele, que apenas fez o correto. 
Gênero: Ação
Ano: 2000
* Dominic Sena se reinventa e faz um ótimo filme sobre roubos de carro, com uma direção um pouco fora do comum, dando aos atores um novo patamar de fama, Nicolas Cage e Angelina Jolie é o destaque como o casal da vez, bom casal, que quase fica sem química devido a atuação muitas vezes morna de Nicolas Cage.

22º Lugar - Windtalkers/Códigos de Guerra
- Na época da guerra jovens tinham que descifrar com códigos o que os soldados inimigos diziam, eles entravam na guerra com um objetivo ajudar um país, com vários elementos de um filme grande de guerra. 
Nota: (7,6/10)
Diretor: John Woo de (Fervura Maxima/ A Outra Face)
Direção: 9 [John Woo se reinventou e deu certo, nesse filme que levou quase 2 anos para ficar pronto.]
Atuações: Nicolas Cage em uma ótima atuação, talvez porque queria muito um Oscar. 
Mark Ruffalo desse filme em diante só foi evoluindo. 
Gênero: Guerra
Ano: 2002
* Um filme que demorou 1 ano e 8 meses para ficar pronto teve um resultado muito significativo, ficou muito  bom com a direção John Woo. 

21º Lugar - 8MM 
- Um detetive (Nicolas Cage) tem que analisar um vídeo pornográfico e descobrir quem é a menina do filme, para isso ele precisar pesquisar vários outros filmes do gênero e descobrir a verdade sobre o paradeiro da garota, ele usa a ajuda de um vendedor da área (Joaquin Phoenix) para desvendar esse mistério.
Nota: (7,7/10)
Diretor: Joel Schumacher (Batman's/Um dia de Furia/ Ninguém é Perfeito/ O Cliente)
Direção: 7,5 [Joel Schumacher nunca foi um diretor ruim, nesse ele mostrou porque não é ruim.]
Atuações: Nicolas Cage esteticamente e brilhantemente levou o filme com uma atuação primorosa, uma das melhores da sua carreira.
Joaquin Phoenix começou daí a despontar no cinema, com essa atuação genial. 
Gênero: Suspense
Ano: 1999
* Caso não tenha visto, vejam. Tem violência, tem cenas polêmicas, tem cenas fortes, tem boas atuações, tem uma boa direção, tem tudo de bom nesse ótimo filme. 

20º Lugar - The Weather Man/ O Sol de Cada Manhã
- Um homem do tempo vive uma vida pacata, mais cheia de problema sua mulher se separou dele, o pai está morrendo e a vida só parece estar ficando pior quando recebe o convite que tanto queria para trabalhar em outra emissora, mais a vida dele continua a mesma. 
Nota: (7,8/10)
Diretor: Gore Verbinski (Piratas do Caribe/ O Chamado)
Direção: 9 [Perfeito, mostrou tudo o que tinha que mostra e colocou os pingos nos is mostrando que a vida é não tem nada de emocionante, quando você não procura emoção)
Atuações: Nicolas Cage, deu a face de uma pessoa normal que sorri, chora, fica triste e alegre. Nada de caras e bocas, de expressões exageradas. 
Michael Caine, perfeito como sempre.
Hope Davis, tentando fazer uma atuação diferente daquelas que ela faz, foi melhorando até ficar muito boa.
Gênero: Drama/Comédia
Ano: 2005 
* Filme simples, bonito com uma fotografia nota10 e atuações muito boas. Não é chato, não é lento é apenas a vida como ela é.

19º Lugar - Snake Eyes/Olhos de Serpente
- Durante uma luta de boxe, vários fatos vão acontecendo como um assassinato premeditado por alguém dentro do ginásio. 
Nota: (7,8/10)
Diretor: Brian de Palma de (Scarface/ Carrie: A Estranha)
Direção: 8,5 [Brian de Palma, usa 2 cortes de câmeras, em 13 minutos de filmes, usando sua técnica para por na história uma continuação primorosa dando um desfecho perfeito)
Atuações: Nicolas Cage, faz uma das melhores da sua carreira, atuando perfeitamente em quase todo o filme.
Gary Sinise, um daqueles que não desgasta, sempre da um gás no filme, com ótima atuação.
Carla Gugino, fez exatamente o papel dando impressão as vezes de que ela era a culpada.
Gênero: Suspense
Ano: 1998
* 13 Minutos e 2 cortes de câmera, Brian de Palma mostrou que mesmo velho, tinha energia para acompanhar os atores, usando câmeras novas para a época causando estranhamento para muitos nesse ótimo blockbuster.

18º Lugar - Moonstruck/Feitiço da Lua
- Cher vive Loreta que sofre com a velocidade de seu marido nas decisões, ele viaja então para ver a mãe, e então ela vai atrás de seu irmão para o convidar para o casamento, lá ela acaba gostando da arrogância e beleza do irmão mais novo (Nicolas Cage) então acabam se apaixonando. 
Nota: (7,8/10)
Diretor: Norman Jewison de (Jesus Cristo Superstar/ Justiça para Todos)
Direção: 7,5 [A direção e o filme desse homem é o mais copiado de todos os tempos, todos depois dele são clichê por copiar a forma de ser feita do mesmo]
Atuações: Nicolas Cage o filme que o abriu portas, daí em diante ele seria protagonista da maioria dos filmes que fez. 
Cher perfeita e um pouco mais, merecidamente foi indicação ao Oscar. 
Gênero: Comédia Romantica
Ano: 1987
* O mais copiado de toda a história do cinema, o modo de ser feito foi a maior fonte de inspiração das comédias românticas. Cher mereceu a indicação ao Oscar. Nicolas Cage virou protagonista depois desse filme. 
 17º Lugar - Rumble Fish/O Selvagem da Motocicleta
- Jovens vivem a vida por ai nas suas motos. 
Nota: (7,8/10)
Diretor: Francis Ford Coppola (Trilogia O Poderoso Chefão/Apocalypse Now)
Direção: 7,5 [FFC continuava muito bem após dirigir Apocalypse Now e outros, dessa vez dando espaço no cinema para seu sobrinho, Nicolas Cage e Matt Dillon futuros grandes atores, além de Mickey Rourke no auge da carreira.]
Atuações: Nicolas Cage, dando as primeiras impressões que seria um grande ator.
Matt Dillon vem mais a frente atuando perfeitamente.
Mickey Rourke no auge da carreira, faz uma atuação magnifica agora na direção de Coppola.
Gênero: Drama
Ano: 1984
* Pequeno filme para Coppola mais grande para Dillon, Cage e Rourke que hoje são atores que não são tão lembrados. 

16º Lugar - Kick Ass: Quebrando Tudo.
- Super herois anônimos começam a ficar famosos, por causa da internet e daí em diante tem que combater o mal, para ter uma cidade melhor.
Nota: (7,9/10)
Diretor: Matthew Vaughn (X-Man: Primeira Classe/Stardust)
Direção: 9,5 [A melhor de Matthew Vaughn]
Atuações: Nicolas Cage atuou fabulosamente fica atrás apenas de Caça as Bruxas. 
Chloe Moretz, perfeita. 
Aaron Johnson, mostrando que está cada vez melhor.
Christopher Mintz-Plasse, bem quando comédia, sai um pouco do foco quando fica mais sério. 
Gênero: Comédia/Ação
Ano: 2010
* Para os adolescentes, adultos, loucos, veados, feios, bonitos, estranhos, com câncer, com aids, para cegos, mudos e surdos, para todos os Kick-Ass. Sempre foi e será perfeito.

15º Lugar - Vampire's Kiss/O Beijo do Vampiro
- Um homem é mordido por uma vampira, então começa a sofrer como um Vampiro, fica cego no dia. Mais o problema é que ele tem que viver seu cotidiano, então tudo fica mais engraçado.
Nota: (8/10)
Diretor: Robert Bierman de (Prazeres Londrinos)
Direção: 5,5 [Bem fraca para o tamanho do filme, roteiro retribui todo o esforço do diretor]
Atuações: Nicolas Cage, perfeito e hilário.
Jennifer Beals, linda e fantástica
Gênero: Comédia
Ano: 1989
* Nicolas Cage encara um vampiro, algo bem desafiador para sua carreira, se sai muito bem ganhando a fama precisa para o próximo papel, é também o despontar de um galã. 

14º Lugar - Knowing/Presságio
- Números pode fazer do fim do mundo algo mais próximo, além de uma profecia feita por uma garotinha de 10 anos, que anos depois apenas 4 pessoas saberia, sua neta e um professor (Nicolas Cage), daí em diante lutam para salvar suas vidas, sendo que as únicas pessoas que podem fazer isso são seus filhos.
Nota: (8/10)
Diretor: Alex Poyas (Cidade das Sombras/O Corvo)
Direção: 7,5 [Imagina bem, você filmar todo o filme sem nenhum efeito especial, apostando na natureza, bom Alex Poyas fez isso e por isso sua direção é tão difícil]
Atuações: Nicolas Cage quase sempre com a mesma expressão ou com nenhuma mais.
Atores Mirins mandaram muito bem. (Pena que não lembro o nome deles agora)
 Gênero: Ficção Cientifica
Ano: 2009
* Nicolas Cage mal se esforçou para mudar as suas criticas, mais continua a tentar fazer filmes bons, algo que seus fãs gostam mesmo de ver.

13º Lugar - Bad Lieutenaut/Vicio Frenético
- Um policial (Nicolas Cage) vai do vicio em remédios a drogas em poucos instantes, é um bom policial mais luta contra o mal policial que existe nele.
Nota: (8,1/10)
Diretor: Werner Herzog de (Fitzcarraldo/Além do Azul Selvagem)
Direção: 10 (Faltou apenas a indicação ao Oscar)
Atuações: Nicolas Cage perfeito, colocou seu exagero muito bem nesse filmaço.
Eva Mendes, ela não foi Eva Mendes nesse (RISOS), ela fez uma boa atuação. 
Jennifer Coolidge deixou de ser a mãe do Stifler nesse filme. 
Gênero: Junkie
Ano: 2009
* Tem gente que não gosta desse filme. Pra eles apenas meu silêncio tenebroso. 

12º Lugar - Peggy Sue: Seu Passado a Espera
- Jovens vivem um anos 60 felizes, cheio de amores e musicas. 
Nota: (8,2/10)
Diretor: Francis Ford Coppola de (Os Poderosos Chefão/Apocalypse Now)
Direção: 8,5 [Fabulosa a intenção de unir a todos]
Atuações: Filme que revelou Nicolas Cage como um grande ator.
Kathleen Turner como grande atriz.
Jim Carrey como grande ator.
Gênero:  Drama/Comédia
Ano: 1986
* Filme inspiradíssimo de FFC, que buscou do fundo da alma toda a emoção dos outros filmes e colocou nesse. 

11º Lugar - Racing With the Moon/Adeus a Inocência
- Jovens querem namorar curtir a vida, assim dando adeus a inocência e indo buscar seus sonhos e virtudes.
Nota: (8,3/10)
Diretor: Richard Benjamin de (Um dia a Casa Cai/Espiões sem Rosto)
Direção: 9 [Sempre apostou em jovens promessas que deram certos e ganharam Óscars)
Atuações: Nicolas Cage faz ótima atuação.
Sean Pean ainda o supera com uma melhor ainda.
Gênero: Drama
Ano: 1984
* Filme muito bem feito pelo sempre ótimo diretor Richard Benjamin. 

10º Lugar - Brining out the Dead/Vivendo no Limite
- Um paramédico, vive com plantões cansativos e chamados que o faz viver no limite das forças, dentro da caótica e obscura Nova York, ele começa a ficar diferente tendo que conviver com a insônia e a falta de apetite resultando do seu trabalho exaustivo. 
Nota: (8,3/10)
Diretor: Martin Scorsese de (Os bons Companheiros/ Cassino/ Os Infiltrados/ Taxi Drive/ Touro Indomável)
Direção: 9 [Nesse filme Scorsese fica mais ousado, usando câmeras diferentes ao gosto dos seus fãs, alongando um pouco mais os assuntos e deixando o filme menor e mais visível)
Atuações: Nicolas Cage junto com Adaptação e Despedida em Las Vegas faz sua mulher atuação na carreira, uma daquelas que merecia indicação ao Oscar.
Patricia Arquette sempre com seu jeito doce sua índole forte e sua atuação perfeita.
Brian Goodman, pouco aparece no filme, quando aparece faz o que sabe e manda muito bem.
Ving Rhames, tendo uma chance com Scorsese e atuando 3x mais do que em Pulp Fiction.
Gênero: Drama
Ano: 1999
* Escutem os créditos até o fim e saberão porque a edição do filme é tão boa. se quiserem ver minha critica sobre esse filme clique aqui.

9º Lugar - City of Angels/Cidade dos Anjos
- Um anjo ao pensar que uma mortal o viu, pensa seriamente e virar ser um humano, para poder ama-la.
Nota: (8,3/10)
Diretor: Brad Silberling de (Um Astro em Minha Vida)
Direção: 9 [A melhor de Brad que quase foi indicado ao Oscar, ficou na repescagem]
Atuações: Nicolas Cage apático, meio desligado. Mas até que bem depois de algum tempo.
Meg Ryan, impressionante conseguiu atuar bem sem parece ela. 
 Gênero: Romance
Ano: 1998
* Brad Silberling tem aqui um clássico em mãos, o mal conhecido diretor quase foi indicado ao Oscar na época com sua direção maravilhosa. 


8º Lugar - Face Off/A Outra Face
- Uma troca de face é necessária quando a cidade está em perigo, mais será que você aceitaria se fosse a face do seu pior inimigo?
Nota: (8,4/10)
Diretor: John Woo (Fervura Máxima/Códigos de Guerra)
Direção: 7 [Woo foi um pouco técnico ao fazer esse filme, não me impressiona que saiu tão bom]
Atuações: Nicolas Cage deu a vida a Castor Troy, Perfeito!
John Travolta fez um Sean Archer, Perfeito!
Gênero: Ação
Ano: 1997
* A Outra Face para muitos é o melhor filme de Ação dos Anos 90's, para críticos é um dos melhores de ação de todos os tempos. 

7º Lugar - Lord of War/ O Senhor das Armas 
- A história de Yuri Orlov (Nicolas Cage) narrada e interpretada de um modo real, dos acontecimentos que houveram com o mesmo. 
Nota: (8,5/10)
Diretor: Andrew Niccol de (Gattaca/O Show do Truman)
Direção: 8,5 [Andrew Niccol dirigiu e escreveu um grande filme que chegou a ser cogitado a estar no Oscar de 2006 nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante com Jared Leto e Melhor Fotografia é uma pena que não esteve lá.]
Atuações: Nicolas Cage vai ficando cada vez melhor, termina com uma ótima atuação.
Ethan Hawke faz o seu papel muito bem.
Jared Leto, perfeito e mais um pouco, umas das melhores atuações de sua carreira. 
Gênero: Drama
Ano: 2005
* Uma obra prima em pleno seculo 21, um filme que vai ficar para a história do cinema, além de ser um dos melhores trabalhos do Nicolas Cage. 

6º Lugar - Birdy/Asas da Liberdade
- Um garoto pensa que é um pássaro (Matthew Boddine) e seu amigo tenta o ajudar, já que não pode mudar sua ideia (Nicolas Cage) assim fazendo um filme lindo de uma amizade sem limites.
Nota: (8,5/10)
Diretor: Alan Parker de (Evita/ A Vida de David Gale/ Bem-Vindos ao Paraíso)
Direção: 8 [Não é a melhor direção do Alan Parker, mais é a mais bonita]
Atuações: Nicolas Cage da um show de atuação chegando a beirar uma atuação perfeita.
Matthew Boddine consegue passar toda o vazio de que precisa, atuando muito bem também.
Gênero: Drama
Ano: 1984
* Um filme que merece ser visto, revisto e chorado. Pois é um trabalho e tanto do Alan Parker, com uma boa produção e um maravilhoso Roteiro, esbanja elogios e certeza no cinema esse filme.


5º Lugar - Red Rock West/Morte por Encomenda
- Um homem (Nicolas Cage) vai em busca de emprego em Red Rock, por causa de sua perna não consegue, e em um bar ele é confundido com um matador de aluguel, aceita o emprego, mais não consegue matar a mulher, que lhe oferece o dobro para matar o marido, daí o verdadeiro matador de aluguel aparece e a vida dos quatro vira uma confusão caótica. 
Nota (8,6/10)
Diretor: John Dahl
Direção: 9 [Um filme inteligente de uma direção precisa do pouco conhecido John Dahl.]
Atuações: Esse foi o filme que abriu as portas do Oscar a Nicolas Cage, que poderia ter sido indicado por Red Rock West.
Gênero: Policial
Ano: 1993
* Um filme pouco conhecido, mais muito bom. Tem a famosa cena em que um carro cruza a linha do trem, uma das cenas mais famosas do cinema e mais usadas em filmes de ação. 

4º Lugar - Wild at Heart/Coração Selvagem
- Saylor e Lula vivem uma paixão quente, selvagem e faminta. Um amor que rompe fronteiras, rompe regras, rompe leis e rompe o coração de que ver.
Nota: (8,6/10)
Diretor: David Lynch de (Inland Empire/ Mulholland Dr./ Lost Highway/ Straight Story)
Direção: 9 [Faltou melhorar a fotografia de Nicolas Cage e melhorar o efeito da fada do mal)
Atuações: Nicolas Cage perfeito, como o maluco Saylor Ripley. 
Laura Dern, perfeita como Lula.
Willem Dafoe, perfeito, como não quer nada toma conta do filme. 
Gênero: Romance
Ano: 1990
* Obra prima com um romance de primeira e um titulo incrível assim como todos de David Lynch.

3º Lugar - Raising Arizona/Arizona Nunca Mais
- Um casal quer um bebê, para isso é obrigado a roubar um de uma família rica, mais todos ao redor começam a desconfiar que o bebê não é deles. 
Nota: (8,7/10)
Diretor: Joel Coen (Fargo/ Onde os Fracos não Tem Vez/ Barton Fink)
Direção: 9 [É muito bom, um clássico do humor e da televisão]
Atuações: Nicolas Cage está perfeito.
Holly Hunter maravilhosamente bem. 
Gênero: Comédia
Ano: 1987
* Comédia de 1ª Classe, um filme maravilhoso. 

2º Lugar - Adaptation/Adaptação
- O filme é sobre uma adaptação é e um filme sobre o filme que vai acontecer mais já saiu a 10 anos. 
Nota: (8,8/10)
Diretor: Spike Jonze (Quero ser John Malkovich/ Scenes of Surbubs)
Direção: 10 (Direção perfeita, dinâmica, rara de ser ver tão boa assim)
Atuações: Nicolas Cage mereceu a indicação ao Oscar.
Maryl Streep também mereceu a indicação.
Chris Cooper também mereceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. 
Gênero: Comédia/Drama
Ano: 2002
* Um filme que tem que ser visto 2 vezes para ser inteiramente entendido, Spike Jonze faz sua melhor direção, no fantástico roteiro de Charlie Kaufman, e as atuações uma melhor que outra como a de Nicolas Cage uma grande atuação de um dos melhores dos anos 90's, Maryl Streep implacável atuou como se fosse a primeira vez e quase acabou ganhando, Chris Cooper é um grande ator, já dava os grandes primeiros passos em Beleza Americana e então 3 anos depois, fez uma atuação das melhores de um ator coadjuvante e levou o Oscar para casa. 

1º Lugar - Leaving Las Vegas/Despedida em Las Vegas
- Ben (Nicolas Cage) vive sempre bêbado, algo que já está acabando com sua vida, ele é despedido do emprego seus amigos não o procuram mais, perdeu a filha e agora quer perder a vida, mais como escolha dele. Então vai a Las Vegas e lá conhece Sera (Elisabeth Shue) uma prostituta que atualmente anda fugida de seu cafetão Yuri (Julian Sands) que está a beira da morte por causa das dividas, assim Sera se desliga de Yuri indo atrás de ajudar Ben, que já está dando os primeiros sinais de que não vai sobreviver. 
Nota: (9,1/10)
Diretor: Mike Figgis (A Garganta do Diabo/ A Perda da Inocência)
Direção: 10 [Mike Figgis fez a melhor direção de sua curta carreira de apenas 13 anos no cinema, foi indicado ao Oscar além de ganhar notoriedade e guardar ansiedade nos fãs em torno do seu proximo trabalho que seria One Standy Night que não seria tão bom quanto Leaving Las Vegas]
Atuações: Nicolas Cage sem comentários, uma das melhores atuações da história do cinema, passando angustia, tristeza, solidão apenas no olhar. 
Elisabeth Shue, grande atuação que a revelou como uma grande atriz, recebendo até uma indicação ao Oscar. 
Julian Sands, apareceu pouco mais de uns 20 minutos no filme, mais 20 minutos de pura concentração no papel que foi dado a ele, coisa de louco a sua atuação perfeita.
Gênero: Drama
Ano: 1995
* Filme muito bom, que retrata o alcoolismo a prostituição, além de mostra a vida monótona de alcoólatra que foi interpretado por Nicolas Cage que fez perfeitamente, sem nenhum deslize, nem exagero, assim o fazendo garantir o Oscar de Melhor Ator no ano de 1996. Elisabeth Shue, mostrou ser grande atriz, fazendo seu papel de uma forma unica, tirou de letra o personagem solitário que era o dela. Julian Sands, apareceu pouco mais quando apareceu foi fantástico, numa atuação de encher os olhos. Mike Figgis, dirigiu, produziu, escreveu o roteiro e ainda fez a trilha sonora junto com Sting. Ou seja, um trabalho perfeito de Mike Figgis, que quase levou o Oscar de Melhor Diretor perdendo pro odiado Mel Gibson que nem merecia ter sido indicado. 

Bom, por aqui acaba o ano a ultima postagem assim como a mais famosa do blog foi um Top Top Nicolas Cage, dessa vez um Top 40, para ninguém botar defeito. 
Espero que tenham gostado e na próxima prometo a vocês algo do mesmo tamanho que foi esse Top 40, Nic Cage.
Se quiserem pode deixar um comentário, ultima postagem do ano, bom 2012. 
Estarei aqui logo mais, para fazer outra grande postagem a vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário